Parindo na praia…

gravida_na_praia

A Doutora em Tocoginecologia, Odaléa Bruggemann, Docente de Pós-graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina, em Florianópolis, partilhou esta crônica por ocasião de uma solenidade com as alunas e professoras do Grupo de Pesquisa em Enfermagem na Saúde da Mulher e do Recém-Nascido.

Fiquei lisonjeado e agradeço imensamente o carinho, com votos de sucesso profissional às graduandas! Parabéns!

Lindo! Exuberante! Está nascendo um novo alvorecer! A noite parindo o dia. O mar aparando o sol, que preguiçosamente rompe o cordão umbilical da noite. É a menina manhã, que chora às ondas, um novo porvir.

As águas amnióticas salgam a areia, e o casal de namorados que se perderam na noite, na escuridão do pecado, despertam na claridade do perdão… Tudo muito bem! Tudo muito bom! Destes romances é que surgem os nascimentos. Assim como o luar engravidou a estrela e nasceu um novo dia…

É o novo dia chegando, saindo da placenta da vida, desprendendo-se dos cotilédones da insegurança, fixando-se nas paredes da esperança… Da esperança sem fórceps de um novo sonho. De um alvissareiro dia de encontros, de paz, de alegria. De encontro da vida com a vida…

Que todos os nossos sonhos tomem vida!

Curta, compartilhe e siga-me no Facebook