A construção da ferrovia da Serra do Mar no século dezenove

trem-2-serra-do-mar-pr-arthur-wischral-640x471

 

.

.

.

.

.

 

Uma das maiores realizações da engenharia brasileira foi a construção da ferrovia entre Curitiba e o Litoral do Paraná, no século dezenove. Esta ferrovia era uma grande necessidade para a região.   Em grande parte dos estados brasileiros, a capital ficava a beira mar.  E isso facilitava o acesso por navios , quando as estradas ainda não existiam. Mas em Curitiba a situação era muito diferente. A cidade ficava distante dos portos, separada por uma grande serra, e ainda a cerca de 930 metros de altitude. Tudo isso isolava Curitiba do resto do brasil.

Os produtos importados, ou a produção paranaense que iria ser exportada, tinham que percorrer trechos muito difíceis e perigosos através da serra. Por muito tempo só  caravanas, com o uso de animais, passavam pelo caminho da serra, com muita lentidão. O início do ciclo de produção do mate no Paraná impulsionou a ideia de construir a ferrovia, ligando a capital ao porto, e facilitando o comércio.

Finalmente o trabalho começou em um projeto muito avançado para a época, que  foi apresentado pelos irmãos André Rebouças, Antônio Pereira Rebouças Filho e José Rebouças. Até  hoje esta construção é admirada pelo grande desafio para a engenharia, e a dificuldade da execução , em uma época de trabalho braçal.

As doenças, animais selvagens e os riscos do trabalho na serra, foram os maiores obstáculos.  A inauguração foi no ano de 1885. E até hoje a ferrovia é o principal meio de transporte da produção do Paraná para a exportação.  A nova estrada deu um grande impulso ao desenvolvimento do estado. Curitiba, que era apenas uma vila isolada, passou a ter contato com o resto do Brasil . E o Paraná ganhou expressão e riqueza com as exportações, primeiro do mate, depois a madeira, o café, e hoje com a grande produção agrícola, e com os produtos industrializados. O esforço dos engenheiros e trabalhadores, tornou possível fazer a mais importante obra da história, para Curitiba e o Paraná.

Hoje não há mais trens de passageiros no trecho entre Curitiba e o Litoral. Agora são apenas trens de carga. Mas um dos maiores trens de turismo do Brasil ainda utiliza a antiga ferrovia. O serviço e mantido pela concessionaria Serra Verde Express. E é uma das maiores opções de turismo do Paraná.

.

.

Vídeo da TV Band Curitiba sobre a construção da ferrovia.

.

Clique aqui para encontrar outras publicações desta coluna.

 

Contato com José Wille