RB| Enologia

Dia Mundial do Vinho do Porto.

Neste dia 10 de setembro comemora-se o Dia Mundial do Vinho do Porto ou Porto Wine Day.

A data refere-se ao dia que a região portuguesa foi demarcada e regulamentada por Marquês de Pombal, no distante ano de 1756.

Mas você não precisa estar na Europa para brindar o Dia Mundial do Vinho do Porto.

As importadoras Porto a Porto e Casa Flora trazem ao Brasil produtores espetaculares, Caves Messias e Duorum, que aliam a tradição à tecnologia na produção de exemplares inesquecíveis.

O Porto do Douro

O Douro, região portuguesa onde se origina o vinho do Porto, é uma das mais belas paisagens vinícolas do mundo, com montanhas recortadas pelo rio que dá nome as terras e marcadas pelo esforço do homem para que das encostas xistosas pudessem prosperar as vinhas.

Não à toa é Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

As uvas, colhidas à mão, amadurecem perfeitamente em verões escaldantes e mantém altos teores de açúcares – o que garante a doçura do fortificado.

A Touriga Nacional reina ao lado de Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinto Cão e Tinta Barroca, entre outras castas nativas.

Um charme a mais nesta história são os barcos rabelos, embarcação típica do Douro que tradicionalmente enfrentava as diversidades fluviais para transportar os toneis e possibilitar a comercialização da bebida.

Apesar de ser produzido com as uvas do Douro e envelhecido nas caves de Vila Nova de Gaia, o vinho do Porto leva este nome por causa da cidade de onde é exportado.

A região se orgulha de seus excelentes produtores.

Um dos mais destacados é a Caves Messias.

Fundada em 1926 mantém a produção em Ferradosa, local onde as videiras foram plantadas pela primeira vez em 1845 pelo Barão do Seixo, sendo mais tarde adquiridas pela família Afonso Cabral, que por sua vez a vendeu aos Messias, em 1956.

Outra vinícola de destaque é a Duorum, projeto dos enólogos João Portugal Ramos e José Maria Soares Franco, dois nomes entre os maiores da viticultura portuguesa contemporânea.

Em um terroir excepcional, a dupla assina vinhos com dimensão internacional, inclusive premiados pelo famoso crítico Robert Parker.

Porto Messias 10 anos

Vinho complexo, agradável, com excelente acidez, equilibrado e persistente. O lote é envelhecido por cerca de 10 anos até ser engarrafado.

Ideal para acompanhar frutas secas, passas e queijos.

A graduação alcoólica é de 20%.

Duorum Porto Vintage DOC

Vinho de aroma elegante e intenso, dominado pelos frutos maduros como amora, ameixas e cassis.

Muito encorpado e com grande estrutura.

Apresenta acidez equilibrada, taninos finos e maduros, tudo bem envolvido em seu corpo.

A graduação alcoólica é de 20%.