Guitarrista deixa a banda Motorocker e investe na música caipira

marrilo

O guitarrista Thomas Jefferson anunciou que deixou a banda curitibana Motorocker. O músico que sustenta grande admiração pela música caipira de raiz está investindo em carreira solo. Jefferson lançou um álbum priorizando o estilo, com o pseudônimo “Marrilo” . Recentemente tanto ele como a ex-banda postaram mensagens nas redes sociais para justificar que a saída do músico foi amigável.

“Desejamos ao nosso amigo Thomas Jefferson todo o sucesso nessa sua nova empreitada. Foram muitos kms de estrada e histórias ao longo desses anos, e sem dúvida, nos divertimos muito.
Muito obrigado pela parceria, Índio Véio”, disse a banda.

No comunicado, o guitarrista deixa claro que a amizade continua. Vale dizer que Marrilo já está em plena divulgação com realização de diversos programas de TV e rádio.

“Aos amigos e fãs,
Venho, através desta nota, anunciar meu desligamento do Motorocker.
Para que não haja qualquer tipo de comentário ruim ou perguntas que possam vir a colocar em cheque os meus anos junto a banda, comunico que foi uma decisão tomada de comum acordo, de forma pacífica e bem amigável.
Agradeço a banda Marcelus Dos Santos, Juan Neto, Silvio Krüger e Luciano Pico pelos anos de parceria e amizade pois foram muito,s e carrego parte das histórias da minha vida, uma das melhores diria e desejo que a caminhada seja muito próspera e com muito sucesso em seu por vir.
De minha parte, agora, sigo em uma nova empreitada carregando sempre uma verdade dentro do peito e espero contar com o apoio de todos que sempre estiveram ao meu lado e se mostraram amigos ao longo de todos esses anos.
Sempre fui, sou e serei rocker!!! Assim como a viola, carrego o rock em meu coração e sempre estará presente em meu trabalho seja onde for!!
Logo nos veremos na estrada novamente.
Sem mais”.

Thomas Jefferson (Indio Véio / Marrilo Violeiro)