Maringá concentra a maior parte dos casos confirmados de dengue

Foto: Venilton Kuchler / ANPr

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) recebeu 914 notificações de casos de dengue nas últimas duas semanas. Os dados são do boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira (10). Entre 26 de setembro e 10 de outubro, os casos confirmados de dengue no estado foram de 48 para 71.

Dos 23 novos casos, 14 foram registrados em Maringá, que, com 31 casos confirmados, está entre as cidades com maior número de registros da doença, ficando à frente de Foz do Iguaçu (10) e Toledo (3). Os municípios com maior número de casos suspeitos são Londrina (515), Foz do Iguaçu (323) e Maringá (303).

O número total de casos suspeitos e confirmados é referente ao período que teve início em 1º de agosto, data que marca o começo da temporada 2017/2018. Nesta temporada, já foram registrados 2.625 notificações e 71 casos confirmados – 65 deles autóctones, ou seja, contraídos na região onde reside o paciente, e 6 são considerados importados. Não há mortes por dengue confirmadas neste ano.

180 municípios têm casos notificados e 24 têm casos confirmados da doença até agora. 19 cidades têm casos autóctones.

A dengue é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, que se reproduz com mais frequência no verão. Para combater a doença, a população deve eliminar focos de água parada – onde o mosquito costuma colocar seus ovos.