Bens do Hospital Evangélico começam a ser avaliados para leilão

Foto: Divulgação/Hospital Evangélico

A 9ª Vara do Trabalho de Curitiba determinou que o leiloeiro Helcio Kronberg comece a avaliação de todos os bens materiais e imateriais do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba, da Faculdade Evangélica do Paraná (Fepar) e do Evangélico Saúde.

A previsão é de que a análise seja finalizada entre 45 e 60 dias. “Primeiramente os oficiais de Justiça realizarão a penhora e esse levantamento dos bens será a base da avaliação dos bens móveis, imóveis e intangíveis. O objetivo é avaliar a mercado a fim de que a alienação atinja o maior valor possível”, explica Kronberg.

Ainda não há previsão para a data do leilão.

Campanha pelo Hospital Evangélico pede doações a partir de R$ 10
> Seis milhões de reais são repassados para socorrer o Hospital Evangélico

Dívidas

Desde o fim de 2014, hospital e faculdade acumulam dívidas que somam R$ 400 milhões, contraídas durante a gestão da Sociedade Beneficente Evangélica (SEB) ­ antiga administradora do complexo.

O hospital carrega uma lista de irregularidades com mais de 1.300 ações trabalhistas envolvendo desde atrasos no pagamento de salários dos colaboradores até a supressão de férias e recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).