Câmara instala CPI para investigar erros no Parque Cidade Industrial de Maringá

Parque Industrial Maringá

Por Leonardo Filho, Metro Maringá

Com 13 assinaturas, a Câmara Municipal de Maringá decidiu abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar os problemas que impedem a abertura do Parque Cidade Industrial da cidade. A decisão foi tomada nesta segunda-feira (13). Após a sessão ordinária de hoje (14), onde será lido o pedido de instalação da CPI, começa o prazo para a definição dos membros, de 24 horas.

De acordo com o presidente da Câmara, Mário Hossokawa (PP) a expectativa é a de que até o fim da semana essa composição seja apresentada. Os únicos vereadores que não assinaram pela abertura, por enquanto, foram Jean Marques (PP) e Onivaldo Barris (PHS).

Segundo o regimento interno, eles podem assinar pela abertura a qualquer momento.

Erros

Os problemas no Industrial foram apresentados pela prefeitura dia 13 de fevereiro. Dentre as falhas apontadas estão: falta de sistema de drenagem de águas pluviais, abastecimento de água, ligação da rede de esgoto, estações de tratamento de esgoto, rampas de acesso fora do padrão, ausência de alimentadores de energia elétrica, rotatória improvisada e ruas com 10,5 metros de largura quando a legislação municipal exige 12 metros. O Parque foi construído e entregue parcialmente na gestão passada. Por falta de estrutura, nenhuma empresa se instalou ainda no local.