Grupo de mulheres de Morretes planta flores para enfeitar e colorir a cidade

orquídeasmorretes

Por Pedro Ribeiro

Morretes é uma cidade especial não apenas pela sua beleza natural, com cartões postais espalhados pelo Brasil, como o majestoso Rio Nhundiaquara que banha a cidade, os casarios e igrejas, a serra do mar, que dá passagem ao trem que mergulha em nuvens que umedecem o pico Marumbi, brotando águas que alimentam plantações mas, também, pela criatividade de seus habitantes que têm na alma e no coração, o espírito da natureza.

Inspirado no slogan “plante seu jardim e decore sua alma”, um clássico de William Shakespeare, a empresária, confeiteira de bolos de festas, Camila Wagner Ribeiro, criou, em 2014, com a amiga Oriane, um grupo de amigas, batizado de Plantarte, onde o objetivo é único: plantar flores com arte e amor.

A ideia começou com três ou quatro pessoas que gostavam de plantas e tinham o hábito de trocar mudas para diversificar e ampliar seus jardins. O grupo se chamava “planta seu jardim” e depois mudou o nome para “Plantarte”. Hoje são 50 pessoas que participam dessa interessante iniciativa, a maioria de Morretes.
Camila explica que quem participa é porque tem algum amor por lidar com a terra, com plantas, flores ou até mesmo uma horta. “Nos nossos encontros geralmente temos uma palestra voltada a orquídeas, paisagismo, podas, preparo do solo e assim por diante. Também temos workshops com artesanato”.

As integrantes do grupo fazem passeios para ver “o que Morretes tem”, com vistas temáticas aos engenhos de cachaça , moinhos de farinha, agricultores e apiários. As reuniões são feitas uma vez por mês, sempre próximo da lua nova para poder replantar as mudas que fazemos trocas. Nas reuniões saúdam as pessoas com mensagem e participam de palestras, seguida de visita ao jardim.

Recentemente, disse, “fizemos um trabalho com flores de argila que está exposto na casa de uma integrante. Pretendemos passar esse amor pelas plantas ao maior número de pessoas possíveis e, quem sabe, conseguir revitalizar, com plantas e flores, toda a cidade de Morretes”.

A Plantarte tem parceria e amizade com o grupo de jardinagem Cejarte, de Curitiba, que já existe há 30 anos e trocam informações sobre todas as espécies de plantas e flores, além de hortis.

Orquidário do Yu Fang

Em Morretes para o lado em que olhar podemos ver plantas e flores em abundância. Seja na cidade ou no campo, tudo é floresta, flores, enfim, muito verde. Morretes possui a mata atlântica mais preservada do Brasil. São várias estufas de plantas e flores e uma elas chama a atenção: o orquidário do coreano Yu Fang, na Ponte Alta. Seus produtos enchem os olhos e estão sempre expostos em firas livres e na própria chácara.