Parque Nacional do Iguaçu comemora 78 anos

Foto: Divulgação / Parque Nacional do Iguaçu
Foto: Divulgação / Parque Nacional do Iguaçu
Com BandNews FM Curitiba

O Parque Nacional do Iguaçu, no Oeste do Paraná, comemora 78 anos. De acordo com o chefe do Parque, Ivan Baptiston, a comemoração foi marcada com um bolo servido aos funcionários e visitantes, entre eles brasileiros e estrangeiros.

“A gente está comemorando os 78 anos do Parque Nacional do Iguaçu. É uma expressão nacional e tem um número expressivo de visitações e tem uma importância ambiental grande também. Não é apenas as Cataratas [do Iguaçu]. Temos uma grande floresta no parque e o objetivo é conserva-lo”, declarou. “Nesse dia a gente comemora toda essa existência. Recebemos nossos funcionários com bolo e uma acolhida e presta uma homenagem a eles que conduzem, no dia a dia, um bom trabalho no parque nacional”, concluí Baptiston.

Nos últimos anos, o Parque Nacional recebeu mais de um milhão de visitantes. De acordo com a diretoria do Parque, 740 mil ingressos foram destinados à estrangeiros e 819 mil para brasileiros. Em 2015, cerca de 730 mil visitantes de outros países foram ao Parque. Desde a criação do Parque Nacional, visitantes de mais de 170 países fizeram questão de conhecer a unidade de conservação de Foz do Iguaçu. A lista de turistas englobam visitantes de Ruanda, Congo, Camarões, Mônaco, Nepal, Paquistão, Suriname, Belarus, Djibuti, Palau, Tonga, Argentina, Paraguai, França, Alemanha e Estados Unidos. Baptiston acredita que a singularidade do parque é o motivo do grande número de visitantes estrangeiros.

De acordo com a assessoria do Parque, a área foi vista pela primeira vez, pelo desbravador espanhol Álvar Nunes. Na verdade, quando o Português encontrou o lugar que abriga as Cataratas do Iguaçu, tribos indígenas já moravam no local. Hoje em dia, a área em que se encontra o Parque Nacional do Iguaçu, pertence à União. No entanto, em 1916, parte das terras pertencia ao aviador Uruguaio Jesus Val. Na época, Jesus declarou que a área não poderia continuar pertencendo a ele. O aviador se reuniu com Afonso Camargo – na época presidente do Estado do Paraná – e sugeriu a desapropriação das terras. Após 20 anos, o Parque Nacional do Iguaçu, foi criado.