Tráfego sobe 2,1% nas rodovias pedagiadas no semestre no Paraná

pedágio pedagiadas
Do Metro Curitiba

Em relação ao mesmo período do ano passado, o tráfego nas rodovias pedagiadas subiu 2,1% neste 1º semestre.

O número foi divulgado na segunda-feira pela ABCR (Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias) e o indicador é um sinal positivo de retomada econômica. “A dinâmica de melhora deve seguir no próximo semestre, embora em ritmo gradual e sujeita a oscilações, principalmente diante da instabilidade política”, diz Alessandra Ribeiro, diretora da Tendências Consultoria, que realiza os estudos a pedido da ABCR.

“(A expectativa) é de moderado crescimento em 2017. Contudo, cabe enfatizar que o indicador continua suscetível a movimentos erráticos no curto prazo, diante da atual debilidade da demanda doméstica”, completa a economista. Apenas os veículos leves registraram a alta, o que indica que a economia não retomou plenamente. O movimento de caminhões registrou queda de 1,0% no semestre no Estado.

No país, a redução foi de -0,8% entre os veículo pesados.

Histórico

O índice sofreu dois anos consecutivos de queda no país, com reduções registradas de -1,8% e -3,6% em 2015 e 2016, respectivamente. No primeiro trimestre de 2017 o resultado ainda foi negativo em – 1,3%, apesar dos sinais de recuperação terem começado em novembro de 2016.

O índice é calculado desde 1999. Historicamente ele cresce (ou diminui) junto com o PIB, a produção na indústria, vendas no varejo, entre outros.