Lula agora quer morar na República de Curitiba

lula

Em meio a tiroteio cerrado, o ex-presidente Lula voltou a desafiar o juiz federal, Sérgio Moro. Depois de afirmar que não abrirá mão de nenhuma das 87 testemunhas arroladas pela sua defesa para depoimentos ao Ministério Público, em Curitiba, o ex-presidente foi irônico e disse que se for preciso se muda para Curitiba e participará de todas sessões.

Mal sabe ele que a capital paranaense o espera de braços abertos. Há uma expectativa muito grande no dia do seu depoimento, marcado para três de maio e adiado pelo próprio juiz Sérgio Moro. A República de Curitiba, como disse Lula fará uma bela recepção desde sua chegada, no Aeroporto Afonso Pena, até a Polícia Federal. E não será com flores.

  • Lula é candidato a presidente

Lula, que está passando por momentos delicados, em função da possibilidade do ex-ministro Antonio Palocci fazer delação premiada, parte para o confronto, em especial contra Moro. “Se for necessário, eu mudo para Curitiba, e fico lá o tempo necessário para esperar o julgamento. A gente não vai abrir mão de uma testemunha que nós consideramos importante para esclarecer a opinião pública do que está acontecendo no Brasil”, argumentou Lula.

Em entrevista ao jornal do SBT, o ex-presidente confirmou que pretende ser candidato a presidente nas eleições de 2018 e que estará em “condições jurídicas de ser candidato”. “Não há nenhuma razão jurídica para evitar que eu seja candidato… na situação em que está, eu serei candidato. Eu agora quero ser candidato.”