Silêncio

silencio

As palavras são embalagens do pensamento. Muita gente as usa para humilhar ou ofender, seja no trabalho, no trânsito ou mesmo no lar.
O poder das palavras já fez nascer impérios, sucumbir nações, exércitos se levantarem, milhões de pessoas se ajoelharem, mas ainda não aprendemos o seu impacto.
Sim e não são palavras muito curtas e fáceis de serem ditas, mas aquelas que trazem as mais pesadas conseqüências.
Por isso, me lembro sempre que uma fala que não é mais bonita do que o silêncio, não merece ser proferida. E de uma definição de diplomata: diplomata é a pessoa que pensa duas vezes antes de não dizer nada.
Ser comedido nas palavras não é defeito, mas virtude.Uma característica das grandes mentes. E o exercício do silêncio é uma arte. São necessários só dois anos para o ser humano aprender a falar e toda uma vida para aprender a ficar em silêncio.
Por vezes, o silêncio é confundido com fraqueza, apatia ou indiferença.
Engano. Na natureza, tudo acontece com silêncio e poder.O sol, as estrelas e mesmo o oxigênio, vital para a vida, agem em profunda quietude, que muitas vezes sequer lhes prestamos atenção.
Por isso, aprenda com o silêncio a respeitar a vida, valorizar seu dia, observar suas qualidades e equilibrar seus defeitos.Gritar não traz respeito, ouvir é melhor que muito falar e o verdadeiro poder chega sem ruído, sem alarde e sem violência.

Consultas sobre finanças e previdência : (41) 3013-1483