As mulheres só precisam ser perfeitas (parte 2)

2016-08-04-PHOTO-00000977

Andrea Mota é uma daquelas pessoas que não veio ao mundo para ser morna nem passiva, a ex-Diretora de Marketing do grupo Boticário que, há 1 ano e 7 meses, pediu demissão na carreira consagrada e foi cuidar da vida pessoal, da família, da saúde e da sua essência.

Falamos de um tempo na carreira, onde ela tinha a vida dos grandes executivos que representam marcas, produtos e serviços com jornadas de trabalho de 14/15horas, onde o foco é de 110% no corporativo, até curso de jardinagem e paisagismo no outro extremo da reinvenção como mulher e ser humano.

Passando por um longo estágio de desintoxicação do mundo dos negócios, hoje ela resgata aos poucos, bons e simples valores da vida.

Quando falamos da alma feminina seu olhar brilha como uma apaixonada e fã deste clube de guerreiras, corajosas e comprometidas mães, trabalhadoras, donas de casa ou simplesmente denominadas mulheres.

Hoje ela é Conselheira da CIA Hering, onde suas opiniões valiosas pela bagagem de vida e de negócios é colocada nas reuniões do conselho, está de malas prontas para estudar nos Estados unidos e continuar conquistando o mundo e principalmente a vida.