Briga de Tom e Jerry na Alep

ratinho junior

Ratinho Junior (PSD) voltou à origem, assinou toda a papelada, deu entrevistas, fez balanços de gestão no governo, lançou sua candidatura ao Palácio Iguaçu, mas não pode sentar na confortável cadeira de deputado no seu gabinete. Aliás, não tem gabinete. A mesma polêmica de sempre, a falta de gabinetes ou, como dizia a Vó Tivica, quem foi para Portugal perdeu o lugar. Só sobrou um cantinho para o deputado se instalar, o qual recusou já que sua estrutura que visa chegar ao Governo do Estado é bem maior do que meia água. O homem estava tendo piti nos corredores do legislativo. Portanto, Ratinho Junior assumiu, mas não se instalou na Alep. Quem sabe na segunda, conforme as negociações com o presidente da casa, Ademar Traiano.