Delator é mentiroso e criminoso, afirma Richa

Foto: Arnaldo Alves/ANPr

É mentira!” esbravejou, nesta segunda-feira, o governador Beto Richa (PSDB) em resposta às acusações do empreiteiro e dono da Construtora Valor, Eduardo Lopes de Souza. “Todas as acusações que me fazem são absolutamente falsas. Nós tomamos todas as providências para que fosse elucidado esse crime que foi feito no estado do Paraná”. voltou a se defender das acusações envolvendo seu nome no âmbito da Operação Quadro Negro, que investiga o desvio de verbas em contratos para a construção de escolas no Paraná.

O delator teria inventado uma “historinha” envolvendo políticos e o governador para conseguir sua liberdade. “Este criminoso que me acusa de maneira falsa, leviana, mentirosa, irresponsável”. “Nesse primeiro momento, ele se deu bem, mas não tenho dúvida que, na hora de apresentar as provas, que não existem, ele volta para a cadeia”. O governador informou que entrará com uma ação criminal contra o delator. “Estou entrando com uma ação criminal contra esse sujeito que sequer conheço, nunca estive com ele, nuca pedi nada para ele, nunca autorizei ninguém que pedisse algo para esse sujeito. Ele vai responder na Justiça”.

Acompanhe os detalhes na reportagem de Francielly Azevedo e Mari Ode no www.paranaportal.com.br

Recursos para saúde

Prefeitos de 24 municípios paranaenses terão mais R$ 3,08 milhões para o fortalecimento da saúde pública. Os investimentos foram anunciados pelo governador Beto Richa nesta segunda-feira (04), no Palácio do Iguaçu, em Curitiba. Os recursos são provenientes de emenda do deputado federal Alex Canziani.

O governador Beto Richa ressaltou a posição econômica favorável do Estado, que permite fazer investimentos frequentes nos municípios. “Apesar da crise financeira nacional, o Paraná continua dando bons exemplos ao Brasil. Graças às medidas que adotamos conseguimos compartilhar investimentos com todos os municípios paranaenses”, disse Richa. “Temos uma série de recursos a serem liberados nos próximos dias”, acrescentou.

O governador destacou ainda a distribuição de 2,3 mil veículos para uso na área da saúde nos municípios, mais de 800 deles ambulâncias para atendimento à população.
O deputado federal Alex Canziani disse que o valor liberado, que se soma aos investimentos regulares do Governo do Estado, fortalecerá ainda mais a saúde pública. “Temos feito emendas individuais ao Governo do Estado que retribui transferindo aos municípios. Estes recursos aliados a tantos outros vão trazer mais qualidade ao atendimento”, declarou.

Os municípios devem aplicar os recursos, que variam de R$ 120 mil à R$ 240 mil por cidade, na aquisição de veículos, ambulâncias e kits para as unidades básicas de saúde. De acordo com o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, os valores serão liberados em no máximo 20 dias.

O prefeito de Santa Cecília do Pavão, Edimar Santos, explicou que o município investirá em uma ambulância. Segundo ele, o atendimento de saúde será mais ágil, uma vez que o município transporta os pacientes até Cornélio Procópio. “Nos momentos de urgência e emergência uma nova ambulância facilita o transporte e salva vidas”, garantiu.