Fim do imposto sindical no Brasil

Foto: Agência Brasil

Não tem conversa. Os empresários venceram e o governo já deu sinais de que vai manter o fim do imposto sindical obrigatório – um dos principais itens da reforma trabalhista, aprovada pelo Senado e encaminhada à sanção presidencial. O presidente Michel Temer está decidido a respeitar a vontade majoritária da Câmara dos Deputados que incluiu no projeto que reformula a CLT a extinção imediata do tributo -correspondente a um dia de trabalho descontado de todos os trabalhadores a favor dos sindicatos das respectivas categorias, independentemente de filiação sindical. – Com a aprovação da reforma trabalhista ontem pelo Senado, o imposto sindical obrigatório acabou