Povo protestando e Gilmar Mendes dando festa em Brasília

Foto: José Cruz/ Agência Brasil

Na quarta-feira, 15 de março de 2017, como era programado, grande parte da população brasileira foi às ruas para protestar principalmente contra a reforma trabalhista. No mesmo dia, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, encaminhava ao Supremo Tribunal Federal, uma lista contendo 83 nomes de membros do Congresso Nacional envolvidos em corrupção, para investigação pela corte suprema.

Neste mesmo dia, em Brasília, o ministro Gilmar Mendes recebia em festerê, a cúpula do governo, comandada pelo presidente Michel Temer, para comemorar o aniversário do ex-ministro José Serra. Em Minas Gerais, o goleiro Bruno, condenado há 21 anos de cadeia, assinava contrato com um time de futebol, ou seja, livre, leve e solto. Aonde vamos parar?