Richa quer o Senado e Barros aposta em sua nova trajetória

barros e richa

 

 

O governador Beto Richa (PSDB), será candidato ao Senado. Agora, como presidente do partido, fica livre para fazer sua campanha já que a partir de abril do próximo ano terá que desocupar suas gavetas no Palácio Iguaçu e ceder o gabinete à vice-governador e candidata do governo, Cidade Borghetti.

Para o ministro Ricardo Barros (PP), Richa terá uma trajetória marcante no Senado, caso seja indicado e eleito para o cargo em 2018. “A gente gosta do que faz. Gosta de servir a população, atender o mais pobre e eu tenho certeza que você (Beto Richa) no Senado fará uma trajetória muito expressiva, como fez aqui no governo do Paraná. Um governo que orgulha o seu pai José Richa. E que será um senador que orgulhará a trajetória de José Richa”, disse Barros.

Na convenção do partido, com a presença de lideranças e apoiadores, Ricardo Barros destacou ainda a boa relação e alinhamento entre os três poderes no Estado, além dos investimentos em saúde no Paraná. “O Paraná já fez um grande investimento na saúde e agora o governo federal pode participar desta convergência e liberar muitos recursos fruto desta parceria”, frisou.

 

O ministro também falou sobre a relação do PSDB e do PP. ” Nós fizemos esta parceria aqui no Paraná. Vencemos em 2010, elegemos o governador Beto Richa. Na outra eleição, novamente, foi o PP e o PSDB com a Cida Borghetti (vice-governadora). Então são duas eleições vitoriosas do PP e do PSDB e eu espero que na próxima eleição nós possamos estar juntos”

Importantes lideranças políticas do Paraná e do Brasil apoiaram no sábado, na convenção estadual do PSDB, a candidatura do governador Beto Richa ao Senado Federal, nas eleições de 2018.  No encontro, Richa assumiu a presidência estadual do PSDB no lugar do deputado Ademar Traiano. Com isso, passará a comandar as negociações do partido sobre alianças e candidaturas para o ano que vem.

Além do apoio à candidatura ao senado, a vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti, destacou também a nova atribuição de Richa à frente do PSDB no Paraná.  “Neste momento, o governador Beto Richa passa a comandar os destinos desse partido, que é um partido com uma referência positiva a nível nacional, que é o PSDB”, disse.

Segundo Cida, o Partido Progressista tem acompanhado a trajetória administrativa e política do PSDB há várias eleições. “Tenho orgulho de dizer que acompanho o governador (Beto Richa). O Partido Progressista acompanhou o PSDB em 2010, acompanhou o PSDB em 2014 e vai acompanhar em 2018. Contem com o apoio dos progressistas, estaremos unidos e juntos, para o bem do Paraná e do Brasil”, destacou Cida Borguetti.