Todos contra a pedofilia no Paraná

Reprodução EBC

 

Depois de lançar a campanha de combate à exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas paranaenses, a Secretaria de Estado da Família registrou, em fevereiro e março, um aumento de 205% no número de denúncias de violências contra crianças.

Os dados do Governo do Estado (disque 181) mostram que as notificações de exploração sexual triplicaram e os relatos de agressão física dobraram.

A origem das ligações também mudou. Em 2016 a maioria dos contatos era da capital, enquanto que neste ano os municípios do Interior lideraram o ranking de denúncias.

A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) também entra nesta batalha. Vai realizar na próxima terça-feira (16) um “Seminário de conscientização e combate à pedofilia”.

“Desde 2013, temos aqui no Paraná instituída a ‘Semana Estadual Todos Contra a Pedofilia’, que é realizada em muitas cidades do estado, entre os dias 13 e 18 de maio. Trata-se de uma ação muito importante que criamos com o objetivo de fortalecer e divulgar essa campanha de combate à pedofilia em nosso estado”, explica o deputado Gilson de Souza, autor da proposta dos debates.

Com esse seminário, aliado a outras ações realizadas por prefeituras e entidades de proteção às crianças e adolescentes, e também com a mobilização das pessoas nas redes sociais, a Frente Parlamentar Em Defesa da Vida e da Família quer chamar a atenção de toda a sociedade paranaense para a necessidade de combate a esse crime bárbaro cometido contra crianças e adolescentes indefesos.

O seminário é gratuito, aberto a participação de todos e não requer inscrição prévia dos interessados.