Cervejas paranaenses tomam o MON neste fim de semana

Foto: Divulgação

Metro Jornal Curitiba

O fim de semana no MON (Museu Oscar Niemeyer) vai unir quase 300 tipos de cervejas artesanais à boa gastronomia na 2ª edição do ProcervaFest, promovido pela Procerva (Associação das Microcervejarias do Paraná).

Das 11h às 19h, tanto amanhã quanto no domingo, o evento encerra o Festival da Cultura Cervejeira Artesanal, que desde a sexta-feira passada realiza palestras, visitas técnicas a cervejarias da Grande Curitiba e roteiros temáticos por bares e restaurantes. “Nesta edição procuramos dar mais opções ao público com vários shows musicais e muita gastronomia”, disse o diretor de Marketing da Procerva, Anuar Tarabai, lembrando que o evento também terá espaço kids com o projeto Pintando na Calçada e exposição fotográfica.

O ProcervaFest vai reunir 50 cervejarias, sendo a grande maioria do Paraná e alguma convidadas de SC, SP e RS. Em média, cada uma delas deve servir seis diferentes tipos de chope artesanal. A lista delas e dos chopes está no site www.procerva. com.br/fcca2017, no qual também é possível comprar os ingressos.

A entrada para um dia custa R$ 25 e para o fim de semana R$ 45 (menores de 18 anos não pagam e existe meia-entrada). Ao entrar, o participante vai receber um copo de vidro de 150ml para degustar os chopes, que serão vendidos nesta dose a partir de R$ 3. “A ideia é de que as pessoas façam um tour, cerveja por cerveja, de acordo com o gosto de cada um. Por isso o copo é menor e consequentemente as doses são mais baratas”, explicou Tarabai.

Grande parte delas custa de R$ 4 a R$ 6. Segundo o diretor da Procerva, este conceito já é desenvolvido em vários países, principalmente nos EUA, onde em eventos similares as doses vendidas são inclusive menores e variam entre 50ml e 80ml.

Além de comemorar o dia internacional da cerveja (último dia 4) e reforçar as marcas locais, a Procerva quer incutir ainda mais a crescente cultura cervejeira. “Nós queremos que a pessoa conheça o que ela está bebendo, quais os insumos colocados e veja o resgate de receitas antigas que várias cervejarias estão fazendo. O lema é beba menos e beba melhor”, declarou Tarabai.