Mesmo em recesso, vereadores já apresentaram 172 requerimentos à Prefeitura

Plenário Camara Municipal de Curitiba

A Câmara Municipal de Curitiba está em recesso, iniciando os trabalhos legislativos apenas em 1o. de fevereiro, mas muitos dos vereadores já querem mostrar serviço para seus eleitores e aproveitar, também, o início da nova gestão municipal, para encaminhar demandas locais. Na primeira semana do ano, os vereadores apresentaram 172 requerimentos à Prefeitura. São solicitações de obras, manutenção, roçada, melhorias pontuais em ruas, praças, parques e edificações públicas das comunidades representadas pelos parlamentares.

O campeão em requerimentos é Geovane Fernandes (PSDC) que já apresentou 59 pedidos à Prefeitura. “Pedi à minha equipe um levantamento completo do que precisa ser feito em termos de revitalização das ruas da Regional do Boqueirão, meu colégio eleitoral. São obras de tapa buracos, coleta de entulhos, bueiros obstruídos. Antes que o cidadão precise abrir um chamado no 156, nosso gabinete já aciona a prefeitura”, disse o vereador, afirmando que teve mais de 90% dos requerimentos atendidos na gestão passada. “Fizemos já na primeira semana para aproveitar o entusiasmo da nova prefeitura, que disse que dará uma atenção especial à limpeza e à pavimentação da cidade e para já indicar as principais demandas da região”, disse.

Com 56 requerimentos apresentados, o vereador Mauro Ignácio afirma que o instrumento é a ferramenta que mais aproxima o vereador de sua comunidade. “A gente é o para-choque. Recebe diariamente as reclamações da população. São questões pontuais, que interferem no dia-a-dia do cidadão. Pavimentação asfáltica, manutenção de locais públicos, iluminação, são as questões que mais reclamam. Também é a forma mais fácil de o eleior avaliar a atuação de seu vereador. O problema é que essas demandas não dependem apenas da gente, precisa da ação do Poder Executivo”, comentou. Mauro gnácio também apresentou o primeiro pedido de informação do ano, querendo saber da prefeitura a situação da obra de ligação da Avenida Manoel Ribas com o Contorno Norte. “É um compromisso da gestão do Luciano Ducci, que estava previsto no orçamento de 2013 e ainda não tem previsão de execução”, disse.

Cacá Pereira, que apresentou 29 requerimentos, diz que é o vereador o elo do cidadão com o poder público. “Fui líder comunitário, conheço bem as demandas da região e suas principais urgências. Elencamos essas 29 questões esperançosos no discurso do novo prefeito, que prometeu foco na infraestrutura da cidade”, disse o vereador, que pediu semáforos, lombadas, pavimentação e iluminação pública na região da Cidade Industrial de Curitiba. “Uso bastante este instrumento, para questões que até nem precisaria de um requerimento de vereador, como a troca de lâmpadas queimadas. Mas se a prefeitura demora a agir, temos que cobrar”, diz.