Prefeitura amplia vacinação contra gripe para toda população

Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Fotoarena

SMCS

A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba liberou a vacinação contra a gripe para a população nos 110 postos de saúde. Após 16 semanas, a campanha de vacinação foi encerrada, com a superação da meta de 90% indicada pelo Ministério da Saúde, atingindo 92% do público-alvo a ser imunizado.

Como, ainda assim, houve um saldo de 40 mil doses, a secretaria decidiu disponibilizar, até o fim dos estoques, as vacinas remanescentes aos interessados, evitando o desperdício e seguindo a orientação do Ministério da Saúde.

“A oferta das vacinas será realizada até o fim dos estoques a qualquer pessoa que ainda não foi imunizada este ano”, explica o diretor do Centro de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde, Alcides Augusto de Oliveira.

Segundo ele, basta o interessado ir até a unidade de saúde mais próxima de sua casa para ser vacinado. Oliveira destaca que a secretaria tomou o cuidado de assegurar, primeiramente, que os grupos prioritários preconizados pelo Ministério da Saúde recebessem suas vacinas para depois estender gradualmente a vacinação a outras parcelas da população. “Agora, encerrada a campanha, podemos beneficiar outras pessoas”, disse.

Balanço
Até esta quinta-feira (10/8), 346.001 pessoas nos grupos prioritários foram vacinados. Os idosos foram os que mais procuraram a vacina, com 104,4% de cobertura e 209.878 doses aplicadas.

A procura superou as expectativas também entre as mulheres no período de até 45 dias após o parto: foram 5.078 (165,9%) e 47.706 profissionais da saúde (92,1%).

Apesar dos esforços da campanha, apenas em dois grupos prioritários a meta não chegou em 90%. O de crianças entre seis meses até cinco anos, 70.659 receberam a vacina, o que corresponde a 69,6% da meta. Entre as gestantes, 68,1% se imunizaram, num total de 18.680 grávidas.