Sete acusados de homicídio durante invasão ao Couto Pereira vão a júri popular

atletiba
Foto: Divulgação/CFC

Após cerca de sete anos, sete torcedores acusados de tentativa de homicídio doloso – quando há intenção de matar –  contra policiais militares, vão a júri popular na manhã de quinta-feira (16), no Tribunal do Júri, em Curitiba.

O caso ocorreu após a invasão no gramado do estádio Couto Pereira, quando o Coritiba foi rebaixado para a segunda divisão do campeonato brasileiro, após jogo com o Fluminense, em dezembro de 2009, ano de comemoração do centenário do clube.

Outras sete pessoas já foram identificadas e condenadas.

Na época, o Coritiba F.C foi condenado a perda de mando de campo de 30 jogos e multa de R$ 610 mil. O Clube recorreu e teve a pena reduzida para 10 jogos.