Gasolina tem alta de 14,4% desde julho

Andreza Rossini

Do Metro Jornal

De julho para cá, o preço do litro da gasolina nos postos do país passou de uma média mensal de R$ 3,553 para R$ 4,065, um aumento de 14,4%, segundo dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo).

Já o valor do litro do diesel subiu 11,8%, de R$ 2,971 para R$ 3,321 em dezembro.

Em julho deste ano, a Petrobras começou a adotar uma nova sistemática de formação de preços dos combustíveis, que prevê alterações quase que diárias nas cotações. No mesmo mês, o governo também elevou o PIS/Cofins incidente sobre os combustíveis.

A partir de hoje, a Petrobras elevará os preços da gasolina em 1,4% e os do diesel em 0,7% nas refinarias. Desde o início da nova política de preços da Petrobras, no início de julho, a gasolina acumula alta de 25,6% e, o diesel, elevação de 19,8%.


A alta de 1,4% no valor da gasolina é a maior desde 14 de dezembro, quando o aumento havia sido de 2,5%. Segundo levantamento da ANP, o Acre tem a gasolina mais cara do país, com litro custando, em média, R$ 4,82.

O Maranhão é o Estado com o combustível mais barato, R$ 3,727. O litro da gasolina supera os R$ 4 em 16 Estados, com os valores de R$ 4,022 a R$ 4,82: Rio Grande do Norte, Paraná, Mato Grosso do Sul, Bahia, Alagoas, Mato Grosso, Minas Gerais, Ceará, Distrito Federal, Pará, Rondônia, Tocantins, Rio Grande do Sul, Goiás, Rio de Janeiro e Acre. No Estado de São Paulo, o combustível custa em média R$ 3,888, segundo a pesquisa da ANP.

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook