Com desfalques, Coritiba encara o Atlético-MG

Foto: Rodolfo Buhrer - Paraná Portal
Foto: Rodolfo Buhrer - Paraná Portal

A campanha é boa, são sete jogos sem perder e para manter esse ritmo o Coritiba enfrenta o Atlético-MG, neste domingo (19), às 19h (horário de Brasília), no Independência. Para o duelo, válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Coxa não poderá contar com três atletas suspensos pelo acúmulo de cartões.

O alviverde é o 14º colocado, com 43 pontos, quatro a mais que a Ponte Preta, primeira equipe na zona de rebaixamento. Para afastar de vez a probabilidade de queda, o time comandado por Marcelo Oliveira precisa vencer o Galo e contar com uma combinação de resultados.

O confronto será apitado por Marcelo de Lima Henrique, auxiliado por Michael Correia (RJ) e Silbert Faria Faquim. Ambos do Rio de Janeiro.

Equipe

O técnico Marcelo Oliveira não poderá contar com o zagueiro Cléber Reis, o lateral-esquerdo Thiago Carleto e o atacante Rildo, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Com isso, na zaga a presença de Márcio está garantida, na lateral William Matheus retorna à titularidade após perder a vaga para Carleto e no ataque o nome está indefinido.

Existe a possibilidade de Kleber retornar ao time titular. Depois que voltou de suspensão e cirurgia, Gladiador só atuou em parte da partida, sendo inserido no decorrer do jogo. Iago Dias e Getterson disputam posição com ele.

Dessa maneira, o alviverde entra em campo com Wilson; Léo, Werley, Márcio e William Matheus; Jonas, Alan Santos, Tiago Real e Dodô; Iago Dias (Kleber ou Getterson) e Henrique Almeida.

 

De olho no adversário

O Galo ocupa a 11ª posição, com 47 pontos e vem de dois empates seguidos. A equipe ainda disputa uma vaga na Libertadores e para permanecer na busca pelo G7 quer triunfar em casa.

Em relação a equipe, o treinador Osvaldo de Oliveira tem a volta de Cazares e Gabriel. Sendo assim, o provável time titular tem Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Elias e Adilson; Valdívia, Robinho e Otero; Fred.