Curitiba recebe 6º Brasileirão de Roller Derby

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Ligas de todo o país participam do 6.º Brasileirão de Roller Derby, que acontece de 13 a 15 de outubro, no Centro de Esporte e Lazer do Xaxim, em Curitiba. Na modalidade, praticada sobre patins, dois times se enfrentam em uma pista oval. O encerramento terá ainda um amistoso entre a seleção brasileira contra um time argentino. O campeonato é exclusivamente feminino.

Todos os jogos ocorrem no Centro de Esporte e Lazer do Xaxim, na Zona Sul de Curitiba. Na sexta-feira (13) são os jogos da primeira fase e, no sábado (14), as quartas-de-final. Domingo (15) é dia da grande final e da disputa de terceiro lugar.

Sete ligas disputam o campeonato. Entre elas as Blue Jay Rollers, de Curitiba, que disputam a competição pela segunda vez. Também estão inscritas as Iron Ladies (Blumenau/SC); Thunder Rats Derby Squad (Santos/SP); Meatmachine Roller Derby (Campo Grande/MS); Sugar Loathe Roller Derby (Rio de Janeiro); além das Gray City Rebels e das Ladies of Helltown (São Paulo).

Atuais campeãs, as Ladies vem em busca de um bicampeonato inédito. Suas conterrâneas paulistanas, as Gray City Rebels buscam a revanche. Vice-campeãs do ano passado, as Rebels já venceram o campeonato brasileiro três vezes.

 

Jogos festivos

Além do Brasileirão, jogos amistosos e festivos serão realizados ao longo de todo o feriado. Entre eles um amistoso masculino, com homens que treinam nas diferentes ligas, e jogos sem contato, para atletas iniciantes.

O encerramento do campeonato será com uma partida da seleção brasileira, que se prepara para a Roller Derby World Cup, que ocorre entre 1.º e 4 de fevereiro de 2018 em Manchester (na Inglaterra). O Team Brasil irá enfrentar o No Excuses Roller Derby, da Argentina. As hermanas são a principal potência do derby na América Latina.

 

Porrada – legal – sobre rodas: como funciona o roller derby

Roller Derby é um esporte de contato. As jogadoras podem usar o corpo para impedir a passagem e empurrar as adversárias para fora da pista (desde que atinjam área legal – porrada nas costas, por exemplo, é proibido).

Dois times de cinco jogadoras se enfrentam em uma pista oval. A jammer (“atacante”) de uma equipe tenta ultrapassar as bloqueadoras do time adversário.

A pontuação se dá pelo número de jogadoras do time adversário que a jammer ultrapassa. No entanto, os pontos só começam a contar a partir da segunda volta. Na primeira ultrapassagem, a jammer meramente ganha o direito de pontuar.

Um jogo de roller derby é dividido em dois tempos de 30 minutos cada. Cada tempo é subdividido em vários “jams” (campanhas) de, no máximo, dois minutos. Cada time tem um elenco de até 20 jogadoras, que se revezam em “line-ups” de cinco, a cada jam.