Coritiba joga bem, mas não resiste ao Corinthians no Itaquerão

corinthians x coritiba

O Coritiba até que fez uma boa partida na noite desta quarta-feira, diante do Corinthians, em São Paulo, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Pressionou no início do jogo, não se abalou por sair perdendo, buscou o empate e teve, até, chances de virar o placar, mas, num vacilo defensivo, já perto do final do jogo, acabou deixando escapar um ponto precioso do líder do campeonato. A derrota por 3 a 1 deixa o Coxa em situação complicada, na vice-lanterna da competição.

O primeiro tempo começou com pressão coxa-branca, em pleno Itaquerão, com mais de 37 mil corintianos. Mas logo aos nove minutos, o Corinthians mostrou por que é o líder isolado do Brasileirão. Com um toque de calcanhar de Jadson, Jô ficou na cara de Wilson e abriu o placar.

Mesmo depois do baque de sofre o gol na primeira chance do adversário, o Coritiba seguiu melhor na partida, exigindo grandes defesas de Cássio. Até que, aos 39 minutos, Carleto cobrou escanteio na cabeça de Henrique Almeida, para empatar. O Coxa ainda teve chances de virar no primeiro tempo e Cássio salvou novamente.

O segundo tempo foi mais morno, o Coritiba diminuiu o ímpeto, mas também não corria muitos riscos. Até que brilhou a estrela de Clayson. Depois de grandes intervenções de Wilson, a defesa do Coxa vacilou aos 33 minutos. Numa bola que ia vagarosamente para a linha de fundo, a zaga coxa-branca parou esperando o tio de meta. Jô não parou, buscou a bola, evitou a saída e iniciou a jogada que terminou em Clayson, que mesmo atrapalhado, empurrou para o gol. Aos 43 minutos, ele estava no lugar certo de novo. Num contra-ataque corintiano, Rodriguinho acertou o travessão e a bola sobrou no pé de Clayson, com Wilson já caído, para definir o placar.

O Corinthians dispara na liderança do campeonato, com 58 pontos, abrindo 11 para o Cruzeiro, que, nesta noite, venceu o Grêmio por 1 a 0 em Porto Alegre e assumiu a vice-liderança. nos outros jogos da noite, o Atlético-MG venceu o São Paulo por 1 a 0, tomando a oitava posição do Atlético-PR, que também perdeu o nono lugar, para o Vasco, que bateu o Avaí por 2 a 1.