Em jogo de duas viradas, Atlético bate o Vitória e se afasta da ZR

ribamar

Não faltou emoção no confronto direto entre Vitória e Atlético, na noite desta quinta-feira, no Barradão, em Salvador. O Furacão saiu na frente, tomou a virada e conseguiu virar novamente para derrotar a equipe baiana por 3 a 2, quebrar uma sequência de quatro jogos sem vitória e afastar-se da zona de rebaixamento.
O Atlético saiu na frente logo aos três minutos, quando Guilherme cobrou escanteio na cabeça de Ribamar. Na frente no placar, o Furacão recuou e foi bastante pressionado pela equipe baiana, até que, aos 24 minutos, em um lance que começou com o jogador do Vitória recebendo em posição irregular, a defesa do Atlético se atraplhou e Jhonatan cometeu pênalti, que Neilton converteu para empatar. O primeiro tempo seguiu com pressão total do Vitória e Weverton segurando o empate.
Se fez um gol relâmpago no primeiro tempo, o Atlético sofreu com o mesmo golpe na etapa final. Aos quatro minutos do segundo tempo, em boa jogada de David pela esquerda, Tréllez apareceu na área para virar o jogo.
Atrás no placar, o técnico Fabiano Soares arriscou: sacou o volante Pavez para colocar mais um atacante, Lucas Fernandes. E foi premiado. Aos 20 minutos, Lucho Gonzáles recebeu na área e ajeitou na medida para Douglas Coutinho empatar. Pressionado por mais um tropeço em casa o Vitória se desestabilizou e deu espaços para o Atlético buscar a virada, que veio aos 33 minutos, quando Guilherme cruzou na cabeça de Ribamar.
Nos minutos finais, o Vitória tentou um abafa, pressionou bastante, mas o Atlético se segurou bem para confirmar a vitória.
Com o resultado, o Furacão saltou para a 9ª posição, com 38 pontos, enquanto o Vitória ficou em 16º, com 33.