Paraná volta a vencer e descola do Oeste

Foto Twitter Paraná Clube
Foto Twitter Paraná Clube

Treze mil paranistas empurraram o Tricolor, debaixo de muita chuva, para uma vitória fundamental na luta pelo acesso à primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Depois de duas derrotas consecutivas, o Paraná Clube voltou a jogar bem, venceu o Luverdense por 2 a 0, assumiu a terceira posição da Série B e abriu dois pontos para o quinto colocado, a três rodadas do final da competição.

O primeiro tempo foi bastante movimentado. O Paraná começou com tudo e criou a primeira chance aos 20 segundos. Mas, com um minuto o Luverdense respondeu, com Sérgio Mota obrigando Richard a fazer grande defesa.

O Tricolor chegou ao gol aos 16 minutos, depois que Robson recebeu lançamento na área e, marcado por três, achou Cristovam um pouco mais atrás, que cruzou rasteira, no capricho, para Vitor Feijão abrir o placar

Mesmo com o placar aberto, a partida seguiu equilibrada e num ritmo bastante forte. Aos 22 minutos, Sérgio Mota arriscou de longe e acertou o travessão. Oito minutos depois, foi a vez de o Tricolor carimbar o travessão, depois de grande jogada em que Renatinho chegou à linha de fundo e rolou para trás, encontrando João Pedro que chegou batendo de primeira, na trave. Aos 42’, Richard salvou o Paraná saindo no pé de Alfredo.

O jogo seguiu aberto no segundo tempo. A primeira chance foi do Luverdense. Em lançamento longo, por cima da defesa tricolor, Rafael Ratão ia ficando livre, de frente para o gol, mas Richard deixou a área e afastou o perigo com o pé.

Logo depois, aos 11 minutos, Eduardo Brock cobrou falta de muito longe, o goleiro deu rebote e Feijão quase fez seu segundo. Nome do jogo, Vitor Feijão ainda deixou Gabriel Dias de frente para o gol aos 17’, mas, desequilibrado, ele finalizou para fora.

O esforço de Feijão foi recompensado aos 30 minutos. O atacante aproveitou uma bobeada do Luverdense na saída de bola, deu o bote e desarmou o adversário no campo de ataque, encontrou Renatinho dentro da área e o meia rolou para Robson fazer o segundo.

Depois do segundo gol, o Paraná passou a controlar mais o relógio, não arriscou muito e evitou qualquer investida mais perigosa da equipe mato-grossense, até o apito final.

A vitória leva o Paraná, temporariamente, para a terceira posição, com 59 pontos, a mesma pontuação do Ceará, que enfrenta o Goiás, no sábado. Agora, o Tricolor tem dois pontos de vantagem para o Oeste, o quinto colocado. Na próxima rodada, o Paraná enfrenta o Santa Cruz, fora de casa, enquanto o Oeste recebe o Internacional. O Luverdense é o 16º, com 40 pontos, a mesma pontuação do Boa, que abre a zona de rebaixamento, e ainda joga na rodada.

ABC ainda tem chance de escapar

Lanterna da competição O ABC deu seu último suspiro nesta noite. Venceu o Criciúma por 3 a 1, de virada, em Natal e ainda mantém uma chance, mais que remota, de escapar da Série C. Para chegar à próxima rodada ainda com chance, precisa que o Guarani não pontue sábado, diante do CRB. Já o Cricíuma com a derrota, perdeu a chance de afastar qualquer risco de queda. Ficou em 9º, com 46 pontos, a seis da ZR.