Atlético bate o Coritiba no clássico e encaminha classificação

Roger Pereira

Deu Furacão no Atletiba deste domingo (que pode ser o único do ano, caso as equipes não se cruzem nas finais do estadual). Mesmo jogando com o time de aspirantes e fora de casa, o Atlético aproveitou que o Coxa também poupou alguns jogadores visando o jogo de quarta-feira pela Copa do Brasil, diante do Parnayba e, numa jogada ensaiada de bola parada conseguiu o único gol da partida garantindo a vitória e a manutenção de sua invencibilidade no Campeonato Paranaense.

O jogo foi bastante equilibrado, com o Furacão começando melhor e controlando a posse de bola e as ações ofensivas nos primeiros 15 minutos de partida. Mas, na grande oportunidade de gol, aos 8 minutos, Wilson fez grande defesa no chute de Ederson, no ângulo.

Com o passar do tempo, o Coritiba foi encaixando sua marcação e equilibrando a partida, terminando melhor a primeira etapa, mas sem levar muito perigo ao gol de Santos. Na principal chance alvi-verde, aos 23 minutos, Guilherme Parede arrancou, e chutou da entrada da área, mas acertou a rede pelo lado de fora.

O equilíbrio também foi a tônica do segundo tempo, e o Coxa foi quem teve a primeira oportunidade de abrir o placar. Aos 6 minutos, Zé Ivaldo falhou e entregou a bola para Parede. Ele tabelou com Ruy, livrou-se de três marcadores e bateu a gol, para, desta vez, o goleiro Santos brilhar.


Aos 10 minutos saiu o gol do Furacão. Em falta pela ponta direita, João Pedro levantou a bola na área no segundo pau, por traz de toda a marcação coxa-branca, e Ederson apareceu livre, de surpresa, para cabecear para o gol.

Com a vantagem no placar, o Atlético recuou e passou a priorizar a defesa, não deixando o Coritiba jogar. E o Coxa pouco conseguiu fazer para superar o bloqueio rubro-negro. O jogo terminou com o goleiro Wilson na área atleticana, tentando cabecear um escanteio, sem sucesso.

Com a vitória, o Atletico vai a 10 pontos e dispara na liderança do Grupo B, abrindo quatro de vantagem para o Londrina, segundo colocado e cinco para o Toledo, terceiro, com apenas mais seis pontos em disputa na Taça Dionísio Filho (duas equipes calissificam-se ara as semifinais). Já o Coritiba caiu para o quarto lugar do Grupo A, com cinco pontos, fora da zona de classificação.

Post anteriorPróximo post
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal
Comentários de Facebook