Botafogo e Flamengo não saem do zero na Copa BR

flamengo
flamengo

Flamengo e Botafogo fizeram uma partida muito truncada, cheia de lances fortes e não saíram do 0 a 0. Com mais de 25 mil torcedores no Nilton Santos, o Botafogo não conseguiu se impor e o Flamengo, na estreia do técnico Rueda, não mostrou nada de novo.  No final da partida, a arbitragem ainda expulsou o goleiro Alex Muralha e o zagueiro Carli, por jogo perigoso e agressão mútua.

No final da partida, João Paulos desconversou sobre o lance das expulsões.  “Não estava perto do lance, nem vi o que aconteceu e nem vi o lance”. Sobre o jogo, opinou.  “Não fica nem bom ou ruim, lado bom é que não tomamos gol em casa e isso é importante”, comentou.

O ala Luis Ricardo disse ter faltado apenas o gol. “Faltou gols jogo bastante truncado e equipes preocupadas em não levar  gol, mas agora trabalhar, por que tem mais 90 minutos pela frente”, disse.

O meia Diego lamentou. “Acaba sendo bom resultado, mas pelo que fizemos, a ideia do jogo, não seria anormal uma vitória hoje”, disse. O meia ainda mandou uma cobrança de falta na trave.

O Flamengo voltou mais ofensivo para o segundo tempo e levou perigo aos 11 minutos, quando Diego cobrou falta no travessão. Depois, aos 22, Everton levantou a bola buscando o centro da área e viu Igor Rabello tocar para fora. Com os dois times eficientes na marcação, o placar não foi alterado até o apito final.