Coritiba não corre riscos e passa tranquilo pelo Uberlândia na Copa do Brasil

Roger Pereira

Não foi um grande jogo, mas o Coritiba fez o suficiente para passar pelo Uberlândia e avançar para a terceira fase da Copa do Brasil. Depois do susto da primeira fase, quando a classificação contra o Parnahyba veio apenas no último lance do jogo, o Coxa fez um jogo sem riscos, com um gol em cada tempo de jogo, atacando apenas “na boa” e não expondo sua defesa às investidas da equipe mineira. O 2 a 0 coloca o Coxa na próxima fase, quando enfrentará o Goiás, desta vez em partidas de ida e volta.

O jogo até começou equilibrado, com as duas equipes criando chances de gol, enquanto Wilson garantia o 0 a 0 pelo lado coxa-branca, a trave salvou o Uberlândia. Até que, aos 30 minutos, o Coxa contou com a sorte para abrir o placar. Julio Rusch cobrou falta na área. O goleiro Clebão falhou na saída e o lateral Rafael Estevam, ao tentar salvar, jogou contra as próprias redes. Com a desvantagem no placar, o Uberlândia se lançou ao ataque, mas o Coritiba suportou bem até o final da primeira etapa.

O segundo tempo começou com o Uberlândia pressionando. Nos 10 primeiros minutos, Wilson fez duas defesas. Mas, na primeira investida coxa-branca, Guilherme Parede avançou pela ponta direita, e cruzou na cabeça de Julio Rusch, que cabeceou para o chão, fazendo o segundo gol.

Perdendo por 2 a 0, o Uberlândia desanimou, não conseguiu mais criar tanto quanto antes, e o Coxa apenas administrou o placar, não correndo riscos nem quando ficou com um a menos, após a expulsão de Marcos Moser. “A cada jogo a gente amadurece mais. Demonstramos nesta quarta, a gente vem mostrando isso e vamos tentando aproveitar ao máximo”, disse Rusch, o nome do jogo, ao deixar o gramado.


Post anteriorPróximo post
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal
Comentários de Facebook