“Equipe do futuro” rubro-negra será testada contra o Cascavel

Nelson Andrade

O time alternativo do Atlético tenta mostrar neste sábado, às 16 horas, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), diante do Cascavel, pela oitava rodada do Campeonato Paranaense, que tem condição de ser a equipe do futuro desejada pelo técnico Paulo Autuori e a diretoria do clube. Na décima colocação, à frente apenas de Foz e PSTC, que estão na zona de rebaixamento, o Furacão precisa reagir para não correr o risco de sequer ficar entre os oito melhores.

O técnico Paulo Autuori desdenha dessa situação e diz que o importante é ficar entre os oito. “Não adiante ser o primeiro e não conseguir nada, o dia seguinte sempre é terrível, a tabela não importa”, comentou.

Autuori acredita que o time está em ascensão. “Estamos criando uma equipe em termos coletivos, tenho que fazer muito mais do que classificar a equipe”,disse.

Para a partida de hoje, o Rubero-Negro pode ter a volta de Cleberson à zaga, ao menos por alguns minutos. O atleta se recuperou de uma lesão que o tirou de campo por oito meses. “Fico feliz de estar voltando. Muito tempo longe, ainda mais pela situação que eu não esperava, mas aconteceu. Agora é viver o presente e ajudar o Atlético. Feliz por eles estarem bem. Ano passado fomos a melhor defesa. Acompanhei, estava junto. São mais experientes do que eu, então aprendo muito com eles”, disse.

Já o Cascavel perdeu Leo Maringá, que deixou a equipe para retornar ao Maringá. O atleta, um dos mais experientes, era responsável pela maioria das assistências dos gols do Cascavel.

 

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO X FC CASCAVEL

Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR).
Data: 18 de março de 2017
Horário: 16 horas
Árbitro: Leonardo Sigari Zanon
Assistentes: Márcio Lopes Guerra e Petergan Picotti Moraes.

Atlético: Santos; Léo, Wanderson, Zé Ivaldo e Nicolas; Luiz Otávio, Renan Paulino, João Pedro, Crysan e Douglas Coutinho; Luis Henrique. Técnico: Paulo Autuori
FC Cascavel: Darci; Raulen, Henrique, Vitor Carvalho e Anderson Tasca; Everton Dias, Sorbara, Charles e Ji-Paraná; Laionel e Wesley. Técnico: Agenor Piccinin