Felipe Melo acusa Palmeiras de assédio moral e vai à Justiça

Palmeiras-Divulgação

Depois de ter sido punido há duas semanas com o seu afastamento, por causa de um áudio que circulou em que xingava o técnico Cuca, além de um atrito anterior com o treinador, o volante Felipe Melo notificou o Palmeiras extrajudicialmente, segundo o portal Globo, para que volte a treinar, além disso, acusa o Palmeiras de assédio moral.

Os advogados do atleta informaram à Justiça que Melo tem sido obrigado a treinar em horários alternativos e em condições diferentes de trabalho. O clube paulista ainda não se manifestou sobre a ação, mas já pensa em como se desfazer do jogador, que chegou para ser um dos líderes do elenco e atualmente, com 33 anos, é visto como uma moeda de troca.