Furacão enfrenta o Capiatá para entrar na fase de grupos da Liberta

Marco Oliveira-CAP
Marco Oliveira-CAP

O Atlético-PR dará nesta quarta-feira (15), às 21h45, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), contra o Deportivo Capiatá, mais um passo rumo à fase de grupos da Copa Libertadores. Para este jogo de ida, o técnico Paulo Autuori pode contar com o zagueiro Thiago Heleno, que teve seu nome liberado pelo Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, após uma espera de quase um mês. O jogo da volta está previsto para a próxima quarta, no Paraguai.

O técnico do Atlético prega muita cautela e humildade para esta partida, segundo ele, o time paraguaio merece respeito e sem arrogância. “Uma coisa que irrita na vida é a arrogância e futebol é vida, essa arrogância é que deixou o futebol do Brasil na situação em que ele está”, disse.

Para ele, o fator casa pode ser um diferencial, mas não garante favoritismo. “Temos que manter o respeito, vamos colocar tudo o que podemos, pois isso é fundamental para quando se faz o jogo em casa”, avaliou.

Na partida de hoje, o meia Carlos Alberto pode ser poupado no começo do jogo e deve entrar no transcorrer da partida. O garoto João Pedro, que esteve lesionado e ficou fora das partidas anteriores contra o Millonarios, também deve aparecer no banco de reservas e pode ser aproveitado.

O Capiatá deve entrar na Arena com sua equipe completa. O técnico Diego Gavilán conhece o futebol brasileiro tanto como treinador da seleção nacional, quanto nos tempos de Inter e Grêmio. A equipe, com apenas oito anos, deve entrar completa em campo.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO X DEPORTIVO CAPIATÁ

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 15 de fevereiro de 2017.
Horário: 21h45
Árbitro: Daniel Fedorczuk (URU)
Assistentes: Mauricio Espinosa (URU) e Richard Trinidad (URU)

Atlético: Weverton; Jonathan, Wanderson (Thiago Heleno), Paulo André e Sidcley; Otávio, Lucho González e Carlos Alberto (Felipe Gedoz); Nikão, Pablo e Grafite. Técnico: Paulo Autuori

Deportivo Capiatá: Medina; Noguera, Paredes, González e Bonet; González, Ledesma, Irala e Luzardi; Irrazábal e Gamarra. Técnico: Diego Gavilán