Hernanes comanda, São Paulo vence o Cruzeiro de virada e sai da ZR

Rubens Chiri-SPFC
Rubens Chiri-SPFC

Com dois gols e sob o comando do meia Hernanes, o São Paulo venceu o Cruzeiro por 3 a 2, de virada, em um Morumbi com 56 mil pagantes, recorde de público do Brasileirão neste ano. Com o resultado, o São Paulo chegou aos 22 pontos, na 16ª colocação e deixa a zona de rebaixamento, o Cruzeiro fica na sétima colocação com 27 pontos.

O Cruzeiro começou a partida de forma consistente e melhor e teve a chance de sair na frente do São Paulo aos 12 minutos, quando o goleiro Renan Ribeiro dentro da área, derrubou Sassá, ele mesmo cobrou e acertou a trave na cobrança de pênalti. O São Paulo teve a primeira chance aos 46, quando Hernanes marcou um golaço de falta, no canto direito de Rafael.

No segundo tempo, Sassá se redimiu do pênalti desperdiçado e comandou a reação mineira. Aos cinco minutos, o atacante emendou um voleio e empatou o jogo. Aos 11, o atacante ganhou a disputa com Rodrigo Caio, tocou na saída do goleiro e virou a partida para 2 a 1. Aos 25, Arboleda aproveitou escanteio cobrado por Hernanes e empatou o jogo. Aos 36 minutos, porém, brilhou a estrela de Hernanes que, de pênalti, decretou a vitória do São Paulo por 3 a 2.

No final do jogo o meia Hernanes falou sobre a vitória. “A gente não poderia decepcionar toda esta torcida que esteve aqui, que acreditou. Nosso time correu muito, se esforçou e com muita raça conseguiu este resultado”, disse.