Luverdense empata com o Paysandu e fatura a Copa Verde

Fernando Torres - Paysandu
Fernando Torres - Paysandu

A Luverdense venceu o Paysandu e se sagrou campeã da Copa Verde pela primeira vez. Após vencer o jogo da ida por 3 a 1 em Cuiabá, o Verdão do Norte arrancou um empate por 1 a 1 com o Papão em Belém e faturou o título. Esta é a segunda vez que um time do Mato Grosso vence a competição, o primeiro foi o Cuiabá em 2015.

Empurrado pela torcida que compareceu em peso no Mangueirão, o Paysandu imprimiu um ritmo forte no início da partida. Em desvantagem no confronto após a derrota por 3 a 1 no jogo de ida, o Papão pressionou a Luverdense e abriu o placar logo aos três minutos. Leandro Carvalho aproveitou bola rebatida e, da entrada da área, finalizou de primeira para fazer 1 a 0. O gol animou ainda mais os donos da casa que mantiveram a pressão. Apesar do domínio paraense, o Verdão do Norte equilibrou as ações na reta final, assustou com a dupla Douglas Baggio e Rafael Silva e, mesmo com a derrota parcial, foi para o intervalo ainda com a mão na taça.

Na volta do intervalo, o Paysandu tentou repetir o bom início de jogo, mas o chute de Alfredo no primeiro minuto parou nas mãos de Diogo Silva. A Luverdense respondeu aos nove, mas Marcos Aurélio acertou a trave. Lá e cá, Ayrton desceu em velocidade, recebeu o lançamento na área e finalizou cruzado. A bola passou por Diogo Silva e saiu com perigo pela linha de fundo. Aos 33 minutos, o Verdão chegou ao empate com Rafael Silva de pênalti e garantiu o título inédito.