Meia do Atlético-PR é suspeito de assassinato na Argentina

Sur Dia
Sur Dia

A polícia de Mendoza, na Argentina, está na captura do meia Luciano Cabral, do Atlético. O atleta é suspeito do assassinato de um homem de 27 anos, na noite de domingo, após uma briga de rua na cidade de General Alvear. A vítima, segundo a polícia, sangrou até a morte depois de sofrer um colapso posterior do crânio devido às agressões.

Segundo informações do site Sur Dia, de Mendoza, um dos autores seria Luciano Cabral, que tem sido pretendido por algumas equipes chilenas nesta intertemporada. Antes de se transferir para o Furacão, Cabral defendia o Argentinos Junior. Cabral também defendeu o Chile na América do Sul Sub-20 de 2015.

Dia relatórios do Sul, Cabral teria sido envolvido na disputa. Por este fato detido duas pessoas, que testemunham segunda-feira antes do juiz de primeira instância. Considerando que, no que isso significa explica, intenções Cabral seria nos próximos dias acompanhado por um advogado a declarar e tentar esclarecer a

Colo-Colo, Banfield e River Plate estavam entre as equipes que queriam Cabral. O Atlético desembolsou US $ 300.000 para o seu empréstimo e agora tem uma opção para comprar o seu passe em US $ 1.500.000.