Paraná empata sem gols contra o Papão

Robson Mafra
Robson Mafra

Em um jogo fraco tecnicamente, com poucas chances claras de gols, o Paraná não conseguiu repetir seu futebol ofensivo da rodada passada e empatou sem gols contra o Paysandu, na Vila Capanema, em Curitiba, na abertura da segunda rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado deixou o Tricolor com cinco pontos e o Papão, com um jogo a menos, com quatro. O resultado frustrou os planos do Tricolor, que pretendia se manter na liderança da competição, mesmo com um jogo a mais, mas deve ser ultrapassado até o final da rodada. No iutro jogo da noite o América – MG empatou por 1 a 1 contra o Goiás.

O Paraná, apesar de um esquema ofensivo, não teve criatividade para furar o bloqueio paraense.

Os extremas Guilherme Biteco e Minho tiveram pouco espaço para jogar e o Paraná exagerava nas ligações diretas. O atacante Daniel Morais teve duas oportunidades. Aos 29 minutos, Vilela cruzou e ele cabeceou longe do gol. Cinco minutos depois, quando Minho se livrou da marcação e rolou para Daniel Morais, ele girou chutando e Marcos Milanezi salvou.

O Paysandu teve chances para marcar logo no começo da segunda etapa, em uma delas, aos cinco, Welinton Júnior recebeu na frente, tocou por cobertura no goleiro Léo, mas Igor salvou o gol paraense. Aos nove, Wesley cabeceou com força e exigiu difícil defesa de Léo. O Paraná quase marcou aos 40 minutos, em jogada de Leandro Vilela, que raspou a trave.

O técnico Cristian de Souza valorizou o ponto conquistado, e falou sobre o equilíbrio da Série B. “Faz parte. Hoje, erramos mais passes, não conseguimos criar tanto como no jogo passado. Mas são situações normais nesta competição”, analisou.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 0X0 PAYSANDU

Local: Vila Capanema, Curitiba (PR)
Data: 19 de maio de 2017
Horário: 19h15
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Assistentes: Francisco Chaves Bezerra Junior (PE) e Bruno Cesar Chaves Vieira (PE)
Público e renda: 3.296 total

Renda: R$ 51.425,00

Paraná: Léo; Cristovam, Wallace (Igor), Eduardo Brock e Rayan; Jhony (Felipe Alves), Leandro Vilela e Renatinho; Guilherme Biteco (Robson), Minho e Daniel Morais. Técnico: Cristian de Souza.

Paysandu: Marcos Milanezi; Ayrton, Perema, Gilvan e Perí; Wesley, Rodrigo Andrade (Hayner), Augusto Recife e Fernando Gabriel (Ricardo Capanema); Welinton Junior (Tiago Mandi) e Marcão. Técnico: Marcelo Chamusca.

Cartões amarelos: Rayan e Minho; Ayrton, Welinton Júnior e Tiago Mandi