Paraná segura o empate e elimina o Vitória na Copa do Brasil

Nelson Andrade
Nelson Andrade

O Paraná entrou em campo diante do Vitória na noite de quarta-feira (19), com a vantagem de dois gols no jogo de volta contra os baianos. Os comandados de Wagner Lopes souberam segurar o Rubro-Negro baiano e garantiram a vaga para as oitavas de final da Copa do Brasil.

O time baiano precisa reverter a vantagem paranista  e logo no início da partida começou pressionando a zaga do Tricolor. Com o trio de atacantes, Nathan, Robson e Ítalo o Tricolor também buscava a vitória, mas logo um minuto Léo precisou se esforçar para desviar um chute de Willian Farias e aos 20, em arremate de Patric.

Na segunda etapa, aos 42, Nathan quase marca, mas Fernando Miguel fez excelente defesa.

No final da partida, o meia Guilherme Biteco ressaltou o apoio da torcida. “Quem quer ser campeão tem que enfrentar qualquer adversário, a torcida tem dado muito carinho para nós, vem à Vila e assim queremos dar cada vez mais para dar alegrias ao clube”, disse.

Já o goleiro Léo pediu cautela e disse que o Tricolor quer mais. “Não ganhamos nada e a gente quer avançar ainda mais”, disse.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 0X0 VITÓRIA

Local: Vila Capanema, em Curitiba (PR)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Pablo Almeida da Costa (MG)
Público e renda: 7.399 pagantes/8.696 presentes/R$ 207.900,00

Paraná: Léo; Júnior, Airton, Eduardo Brock e Rayan; Gabriel Dias, Alex Santana e Renatinho (Diego Tavares); Nathan, Robson (Jonas Pessalli) e Ítalo (Guilherme Biteco). Técnico: Wagner Lopes.

Vitória: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Alan Costa e Euller; Willian Farias, Bruno Ramires (Pineda), Cleiton Xavier e Euller (Jhemerson); David e André Lima. Técnico: Argel Fucks.

Cartões amarelos: Bruno Ramires, André Lima e Geferson; Eduardo Brock