Vigia ateia fogo e mata 4 crianças e 1 professora em creche

Divulgação/Polícia Militar
Divulgação/Polícia Militar

Pelo menos quatro crianças morreram queimadas na manhã desta quinta-feira (05) em uma creche na cidade de Janaúba, norte de Minas Gerais (560 km de Belo Horizonte).

Segundo a polícia, o incêndio foi provocado por um segurança da Creche Municipal Educacional Infantil Gente Inocente. Mais de 40 pessoas, entre crianças e adultos, ficaram feridas.

Oito viaturas e dois helicópteros foram utilizados no atendimento às vítimas, que foram encaminhadas para o Hospital Regional de Janaúba (Fundação Hospitalar de Janaúba) e o Hospital Fundajan. Equipes de bombeiros que estavam de folga também foram escaladas.

De acordo com a polícia, o vigia, um homem de 50 anos, tinha problemas mentais. Segundo testemunhas, depois de jogar álcool e atear fogo na cheche, ele ateou fogo em si mesmo e está internado no hospital da cidade.

Nas redes sociais, a população pede a doação de luvas, dipirona injetável, soro fisiológico, sulfadiazina de prata (pomada bactericida usada no tratamento de queimaduras), agulhas, seringas, cateter do tipo Jelco e pomadas.