Metalúrgicos protestam nas montadoras em Curitiba

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Os metalúrgicos das grandes montadoras de Curitiba e região metropolitana também aderiram ao Dia Nacional de Paralisação e cruzaram os braços nesta quarta-feira (15). Há manifestações em frente às empresas Renault, Volvo, New Holland e Brafer. Os trabalhadores da Renault também fizeram uma caminhada no início da manhã em protesto contra a reforma da previdência.

Na New Holland, os metalúrgicos criaram um abaixo-assinado pedindo uma auditoria independente no sistema previdenciário do país. Não há interdições no trânsito perto das montadoras, de acordo com o sindicato da categoria.

Os trabalhadores da Repar, a Refinaria de Araucária, também cruzaram os braços.

Estrada bloqueada

Na BR-277, o trânsito foi bloqueado nos dois sentidos no litoral do estado. De acordo com informações da Ecovia, uma manifestação acontece na altura do quilômetro seis da rodovia, já em Paranaguá. Houve queima de pneus no protesto.  Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ainda não há detalhes sobre qual grupo estaria se manifestando, nem quais seriam as reivindicações.