Trump se diz “mais esperançoso que nunca” sobre união contra o terrorismo

Donald Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se declarou “mais esperançoso que nunca” sobre a possibilidade de unir países e religiões na causa “comum” de derrotar o terrorismo. As informações são da Agência EFE.

“Venceremos”, enfatizou Trump em discurso perante as tropas americanas na base militar italiana de Sigonella ao falar da ameaça do terrorismo e fazer um balanço dos resultados de sua primeira excursão internacional, que durou nove dias.

O governante expressou gratidão à Itália, país anfitrião da cúpula do G7, e disse que com a sua participação nessa reunião concluiu “uma semana realmente histórica” para os EUA.

Trump mencionou especificamente os primeiros-ministros do Canadá, Justin Trudeau, e do Japão, Shinzo Abe, os quais considerou “gente boa”, e detalhou que durante as reuniões do G7 expressou sua “visão” sobre temas como comércio e mudança climática.

Após o discurso, introduzido pela primeira-dama, Melania Trump, o casal voará no Air Force One de volta aos Estados Unidos.

Melania falou brevemente antes do marido e enfatizou que a viagem, na qual visitaram Arábia Saudita, Israel, Cisjordânia, Vaticano, Bélgica e Itália, foi “incrível” para ela como primeira-dama.