Empresas curitibanas promovem projetos educacionais, culturais e sociais

Foto: Priscilla Fiedler
Foto: Priscilla Fiedler

Teatro, literatura, música, cinema e cursos gratuitos abertos ao público. Empresas de vários setores vêm buscando cada vez mais se aproximar da comunidade em seu entorno. Além de servir de exemplo de promoção de desenvolvimento social para pessoas e outras empresas, quando a iniciativa privada realiza esse tipo de ação, ela cumpre um papel que nem sempre o poder público consegue assumir.

Projetos educacionais, culturais e sociais fazem parte das iniciativas de empresas que querem dar um retorno para a sociedade em que estão inseridas.

Capacitação e Tecnologia

Um curso gratuito para a comunidade é a ação desenvolvida pela Rentcars.com, plataforma comparadora de preços de locação de veículos da América Latina, sediada em Curitiba. O RentClass, um programa que prevê a realização de cursos ministrados, na maioria das vezes, por talentos de dentro da empresa, foi criado com o objetivo de promover uma troca de conhecimentos relevantes e atuais. A iniciativa foi tão bem recebida pelos participantes, que a empresa decidiu expandir o projeto para a comunidade, em uma parceria com a Universidade Positivo.Rentclass

O curso de desenvolvimento de APIs (Interface de Programação em Aplicativos) foi ministrado, em julho, no período de férias escolares, por engenheiros de software da empresa.

Segundo Marcelo Curbete, gerente de Talentos da Rentcars, o objetivo da ação foi garantir um curso em que os participantes tivessem acesso às melhores práticas dessa tecnologia. “O ganho maior com esta iniciativa é do próprio mercado, com profissionais capacitados em uma tecnologia de ponta. A empresa quer participar, constantemente, do desenvolvimento de novos profissionais, tornando-os mais preparados para futuras oportunidades”, explica.

Programação Cultural

Especialista em consórcio de imóveis, a empresa curitibana Ademilar patrocina o Circuito Cultural Ademilar. A ação promove uma agenda artística na cidade de Curitiba, com uma programação com opções para todos os gostos e formatos: como teatro, literatura, música, cinema, entre outras. São mais de 10 produções que serão apresentadas ao público ao longo de 2017 e no início de 2018.

Em setembro a empresa apoiou a “Musicletada”, no Museu Paranaense. Outra ação aberta aos curitibanos e turistas é a apresentação dominical do grupo Choro e Seresta, no Largo da Ordem. O Circuito Cultural Ademilar prevê ainda iniciativas na área literária, como a Mostra de Literatura do Paraná; e de teatro, como a peça “No Beco do Amor Perdido”, cuja estreia aconteceu dia 18 de agosto, no Teatro Lala Schneider.

Na opinião da diretora-superintendente da Ademilar Consórcio de Investimento Imobiliário, Tatiana Schuchovsky Reichmann, a iniciativa está ligada aos valores da empresa e contribui para a riqueza cultural da cidade. “Nós acreditamos que o maior e mais importante investimento que existe é viver, e apoiar a cultura é parte essencial nessa estratégia”, comenta.