Vítima de câncer de mama ensina a fazer próteses com alpiste

mamas do amor

Depois de ser diagnosticada com câncer de mama, a advogada Fernanda Chahin Baliteve precisou fazer uma mastectomia, a retirada das mamas.

Do momento mais difícil da vida da advogada, surgiu uma campanha que está devolvendo a autoestima para centenas de milhares de mulheres.

Ela aprendeu a fazer próteses usando alpiste e meias finas e criou o projeto Mamas do Amor.

“Eu tive que retirar minhas mamas e no lugar delas, foram colocadas próteses internas, mas houve uma infecção, que me forçou também a retirá-las. Ouvi a história, de que nos tempos em que não havia cirurgia para a reconstrução das mamas, muitas mulheres utilizavam próteses externas feitas com alpiste. Fui pesquisar a respeito e decidi então, fazer as minhas próprias próteses externas”, publicou nas redes sociais.

Assim surgiu a campanha que, em quase um ano, resultou na doação de 5 mil próteses à mulheres vítimas do câncer de mama.

Saiba como ajudar:

mamas-do-amor-ajude