Moro retoma interrogatórios em processo de Palocci

Sérgio Moro - triplex

Thaissa Martiniuk, BandNews FM Curitiba

A Justiça Federal do Paraná retoma nesta segunda-feira (17) os interrogatórios dos acusados da 35ª fase da operação Lava Jato, que tem entre os réus, o ex-ministro Antônio Palocci e o ex-presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht.

Nesta segunda, quatro investigados serão ouvidos: o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, o ex-diretor da Petrobras Renato Duque, o ex-executivo da Odebrecht Olívio Rodrigues Junior e o operador da empresa Marcelo Rodrigues. As audiências estão previstas para começar as duas horas da tarde.

Um dia depois, em 18 de abril, o casal de publicitários João Santana e Mônica Moura passa pelo interrogatório. Na mesma data, tem audiência marcada o ex-assessor de Palocci, Branislav Kontic. O ex-ministro será o último interrogado no processo, em audiência marcada para 20 de abril.

Sete réus desta ação penal já prestaram depoimento ao juiz Sérgio Moro. O Ministério Público Federal acusa Palocci de beneficiar a Odebrecht no governo federal em troca de propina.

A denúncia está relacionada à obtenção, pela empreiteira Odebrecht, de contratos de afretamento de sondas com a Petrobras.

De acordo com os investigadores, os repasses feitos a Palocci teriam passado de R$ 128 milhões.

Depois do interrogatório de todos os réus, a Justiça Federal abre prazo para a entrega das alegações finais, por escrito, última etapa antes de o juiz decretar a sentença.