MPF pede novo inquérito contra presidente do Senado

eunicio

O vice-procurador-geral da República, José Bonifácio, encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedido de instauração de inquérito contra o presidente do Senado, Eunício Oliveira, por suposta prática de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Os fatos a serem investigados decorrem da colaboração premiada de Nelson José de Mello, ex-diretor institucional da Hypermarcas.

O colaborador descreve a realização, a pedido do lobista Milton Lyra, de contratos fictícios da Hypermarcas com três empresas ligadas ao senador: Confederal Prestadora de Serviços de Vigilância e Transporte de Valores, Confirma Comunicação e Estratégica e Campus Centro de Estudos e Pesquisa de Opinião. Os contratos totalizaram R$ 5 milhões e, de acordo com Nelson Mello, sem a prestação de nenhum serviço.

Conforme depoimento de Nelson Mello, Ricardo Augusto, sobrinho de Eunício Oliveira, foi apontado por Milton Lyra como a pessoa que procuraria o ex-diretor institucional da Hypermarcas para acertar os detalhes de pagamento da propina.