Quatro testemunhas de acusação participam de audiências da Operação Calicute

Quatro testemunhas de acusação participaram de audiências na manhã desta segunda-feira (20) no processo relacionado à Operação Calicute. Entre os réus do processo está o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB), preso desde novembro do ano passado. As testemunhas convocadas pelo Ministério Público Federal (MPF) prestaram depoimento por videoconferência, transmitidas a Curitiba das cidades de Bragança Paulista (SP), Divinópolis (MG) e Petrópolis (RJ).

Na próxima segunda-feira, dia 27, a Justiça Federal retoma os depoimentos da Operação Calicute. Devem ser ouvidas as últimas 17 testemunhas de acusação. A partir de abril, o juiz Sérgio Moro começa a ouvir as testemunhas de defesa, indicados pelos advogados dos cinco réus da ação penal.

Neste processo, Cabral é acusado de chefiar um esquema que pagou pelo menos R$ 224 milhões em propinas. A Operação Calicute é resultado do aprofundamento das investigações de etapas anteriores da Lava Jato e de outras operações policiais relacionadas. Várias obras teriam acontecido dentro do esquema de corrupção – entre elas a reforma do Maracanã para a Copa de 2014, o PAC Favelas e o Arco Metropolitano –, todas financiadas ou custeadas com recursos federais.