Moro ouve hoje últimas testemunhas em processo contra Lula

Sérgio Moro ouve testemunha lula

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas ações em primeira instância da Operação Lava Jato, ouve nesta sexta-feira (14) as últimas quatro testemunhas de defesa, no processo em que Lula é acusado de receber propina da Odebrecht.

São ouvidos nesta manhã, por videoconferência de São Paulo, o ex-governador de São Paulo Cláudio Salvador Lembo, o delator Paulo Mendes, e os executivos Marcio Pepino e Daniel de Miranda Facó.

Próximos passos

Após os depoimentos das testemunhas o juiz passa a ouvir os réus, que são oito neste processo: Lula, Roberto Teixeira, o empresário Marcelo Odebrecht, o ex-ministro Antonio Palocci e seu ex-assessor Branislav Kontic, os empresários Paulo Ricardo, Dermeval de Souza e o engenheiro Glaucos da Costamarques.

A ex-primeira-dama Marisa Letícia também estava entre os réus, mas morreu no dia 3 de fevereiro.

O ex-presidente deve voltar a Curitiba para prestar depoimento. Saiba como foi o primeiro depoimento prestado na capital, no processo sobre o triplex do Guarujá.

Depois dos depoimentos o juiz recebe as alegações finais do MPF e das defesas e decide se condena ou absolve os réus do processo. Não há prazo para a decisão.

A denúncia  

Nesta ação penal é investigada a compra de um terreno, pela Odebrecht, que seria destinado à construção de uma nova sede para o Instituto Lula. Os procuradores também incluem na denúncia a compra de um apartamento vizinho ao local onde o petista mora, em São Bernardo do Campo (SP).