53 presos já fugiram de delegacias do Paraná em 2018

Presos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj)

Com Metro Curitiba

Só em 2018, 53 detentos já escaparam de delegacias do Paraná. Os dados são da Associação dos delegados de polícia do Estado do Paraná (Adepol). Duas fugas de presos foram registradas só nesta segunda-feira (5) – uma em Piraquara, na região de Curitiba, e outra em Terra Rica, no noroeste do Estado.

Em Terra Rica, por volta das 4h, segundo o Departamento Penitenciário (Depen), 15 presos cavaram um túnel a partir da saída de esgoto do vaso sanitário de uma cela e fugiram. O túnel dava para o pátio da unidade e, depois de atravessá-lo, os detentos ainda pularam o muro.

Já no início da tarde, pouco antes das 13h, outra fuga ocorreu na delegacia de Piraquara, carceragem que estava com 50 homens. A Polícia Civil informou que 9 presos escaparam, mas a delegacia afirmou ao Metro Jornal que foram apenas 6.

O grupo, segundo a polícia, abriu um buraco no teto e também precisou pular o muro para sair. Além das duas fugas, uma revista na cadeia pública de Ponta Grossa, nos Campos Gerais, encontrou um túnel “em construção”, com 10 metros de comprimento.

Ao ser anunciado ontem para o cargo, o novo secretá- rio de Segurança Pública, Júlio dos Reis, disse que a questão será prioritária. “É um problema crônico, não podemos negar, mas não existe uma mágica. Já está em andamento a abertura de novas vagas no 11° Distrito Policial e devo me reunir com Departamento Penitenciário para tentar acelerar a abertura de vagas. Temos também as tornozeleiras eletrônicas, que são uma inovação tecnológica e que têm nos ajudado. Mesmo alguns voltem a delinquir, temos as ferramentas para identificar essas pessoas e vamos continuar com sua utilização”.